ban
Pesquisa no Guia Pet




guias_web
Guia da Embalagem
Guia Construir e ReformarGuia da CulinariaGuia do Turismo e Lazer





submarino


voltar
<<< Anterior Próxima >>>


ESCOLHA O TAMANHO DA FONTE - A - A

13/08/2020
Série online “Amor de Bicho” chega ao UOL Play

Em 10 episódios, produção conta com as participações da ativista da causa animal Alessandra Luglio, do paraquedista Gui Pádua, de Roched Seba e muito mais

Série online “Amor de Bicho” chega ao UOL Play



Fernando Domingues Sodré e Agamenon – Psicólogo e equoterapeuta, Fernando, com a parceria de seus cavalos, ajudou o menino Kauan a superar as suas deficiências, a aprender a caminhar e a confiar em si mesmo


A relação sincera de amor, troca e respeito. Uma conexão de descobertas, emoções e transformações. “Amor de Bicho” é a nova produção online do canal MOV e chega com exclusividade ao UOL Play, revelando histórias surpreendentes e únicas entre humanos e animais. Em 10 episódios, a série documental apresenta personagens da vida real e mergulha nesse convívio cheio de afetos e sentimentos, que envolve pessoas, bichos e meio ambiente. Com criação, direção e roteiro de Mônica Prinzac, “Amor de Bicho” é uma produção da Duplamente Filmes e da Solavanco Produções, em parceria com a MOV.

Nove vídeos já estão disponíveis na plataforma de streaming – que pode ser acessada via web e aplicativos disponíveis para Android e iOS - e, nesta sexta, dia 14, estreia o episódio inédito no Santuário Vale da Rainha (@ahimsa.santuariovaledarainha), em Camanducaia, Minas Gerais. Patricia e Vitor resgatam animais descartados da indústria alimentícia e cuidam deles como seres que ainda tem tanto a ensinar. Ao todo, são mais de 100 bichos. “A trajetória do Santuário começou antes mesmo que eu tivesse a consciência dela. Realizamos que isso poderia ser realmente um espaço para beneficiar todos esses seres. Então, surge o conceito mestres animais no meu coração”, explica Patricia.

Em outro episódio, é o paraquedista Gui Pádua (@guipadua) que mostra sua parceria com bichos. Apaixonado por animais e pela natureza, o atleta criou um santuário em Minas, na cidade de Cássia, onde vive com 30 cavalos, 18 cachorros, gatos, vacas, patos, porquinho e Caramelo, um ganso órfão. Seu objetivo é ensiná-lo a voar e, depois, terem a experiência juntos, enquanto Gui usa seu ultraleve. “Vou soltá-lo para ver se ele vem atrás. Poder dividir isso com o bicho, lado a lado, é um sonho”, comenta, animado com a relação de parceria que tem com Caramelo, resgatado por ele quando tinha 20 dias. O mineiro ainda reforça: “Como cuidar de um animal. Como ser feliz com um animal. Como plantar uma árvore. Tem que botar criança para mexer na terra. Isso é o que está faltando para a sociedade”.

A cachorrinha cadeirante Olivia e sua tutora, Flávia Panella, também são destaques na série. Flávia compartilha as experiências da pet em um perfil online (@oliviaderodinhas) e, com as postagens, criou uma rede de solidariedade com pessoas que cuidam de animais com deficiências: “Vi que poderia ajudar outros animais a ter qualidade de vida e a incentivar mais adoções. Recebo doações e repasso para quem precisa. Seja cadeirinha de rodas, colete para fazer esteira aquática”.

“Amor de Bicho” conta com mais relações inspiradoras entre animais e humanos, como a da ativista da causa, a nutricionista Alessandra Luglio (@aleluglio), que virou vegana e acredita que só a conscientização das pessoas em relação aos bichos pode transformar o planeta. Outro amigo dos animais é Roched Seba, fundador do Instituto Vida Livre (@institutovidalivre), que devolve a liberdade para animais silvestres impactados por perigos urbanos. Ao todo, mais de 8.500 bichos já foram resgatados, cuidados e reabilitados no Rio de Janeiro.

Cavalos, cachorros, papagaios, gatos, porcos, vacas e muito mais. “Amor de Bicho” traz experiências inspiradoras que mostram como a presença de animais na vida dos humanos pode mudar desde a rotina até sua forma de pensar e agir. “Estamos vivendo um momento onde a reconexão com os outros seres não humanos se tornou urgente. Precisamos olhar para os bichos - todos eles - e também para as plantas como habitantes do mesmo planeta. A série é um chamado de reconexão com a natureza, da qual andamos esquecidos de fazer parte. Falar de bichos é falar da gente, do meio ambiente e de toda a vida”, explica Mônica Prinzac.

FICHA TÉCNICA
Direção e roteiro: Mônica Prinzac
Produção executiva: Nathalie Felippe
Direção de fotografia: Manuel Águas
Edição: Rita Carvana
Consultoria veterinária: Rita Ericson
Colaboração de roteiro: Mariana Lopes Muniz
Pesquisa: Carolina Senra e Catharina Felix

http://www.monicaprinzac.com.br




Fonte: Palavra Assessoria em Comunicação



COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA







 
 
Guia Pet & Cia 2008-2020 ©, uma empresa do Grupo Guias Web - Todos os direitos reservados
Normas de uso - Política de privacidade

CSS vlido! Valid XHTML 1.0 Transitional