ban
Pesquisa no Guia Pet




guias_web
Guia da Embalagem
Guia Construir e ReformarGuia da CulinariaGuia do Turismo e Lazer





submarino


voltar
<<< Anterior Próxima >>>


ESCOLHA O TAMANHO DA FONTE - A - A

20/05/2020
Como manter a rotina de banhos do pet em casa?

Médica veterinária dá dicas para manter a higienização do cão em dia, sem estresse

Como manter a rotina de banhos do pet em casa?



A higiene dos cães é fundamental para que permaneçam saudáveis, longe de sujeiras e enfermidades. Por isso, é imprescindível organizar uma rotina para manter os cuidados com a pele e pelo do pet em dia.

Muitos tutores têm receio da “hora do banho”, alguns acham que o animal poderá ficar estressado, outros acreditam que é preciso uma verdadeira força tarefa para realizar o procedimento de maneira adequada.

Porém, além de fundamental para higienização do pet, esse pode se tornar um momento especial de interação entre o tutor e o cão. Para auxiliar nessa tarefa, a médica veterinária e Gerente de Produtos da Ceva Saúde Animal, Priscila Brabec, separou oito dicas que irão facilitar o banho em casa. Confira.

Preparação é tudo: Os cães são curiosos e arteiros por natureza, então antes de levá-lo ao o banho separe todos os itens que você precisará, como shampoo, escova, toalha, algodão, entre outros. Depois, leve o pet para o local escolhido, que deve ser um espaço seguro e tranquilo para o procedimento, como por exemplo o box do banheiro.

Vá com calma: Os animais percebem o estresse do tutor. Por isso, é importante manter-se tranquilo durante o processo, ou o cão pode ficar receoso. Se essa é a primeira vez que ele está tomando banho em casa, é fundamental que o tutor comece o procedimento aos poucos, mostrando ao pet o que está acontecendo, e principalmente associando o momento a algo positivo.

Proteja as orelhas do pet: Sempre proteja a orelha (ouvido) do pet. Para isso, utilize um chumaço de algodão dentro de cada orelha. Isso irá evitar que a região fique úmida ou que entre água, o que pode estimular o surgimento da otite canina. Não esqueça de remover cuidadosamente o algodão ao final do banho e higienize o local com produtos específicos para a região.

Cuidado com a temperatura: A água muito quente pode agredir e ressecar a pele do cão. Dessa forma, o ideal é que o banho seja feito com temperatura levemente morna. Isso também tornará o momento mais agradável para o pet.

Hora do shampoo: Para higienização, molhe o pelo e espalhe suavemente o shampoo, massageando o corpo do animal cerca de 5 a 10 minutos. Isso ajuda na distribuição e na ação do produto. Cuidado para não deixar a espuma cair nos olhos e boca do cão. Na sequência, enxague com bastante água e remova todo o shampoo.

Atenção a secagem: Utilize uma toalha para retirar o excesso de água, faça isso sem friccionar muito a pele e os pelos. Depois, caso necessário, termine o procedimento com o auxílio de um secador caseiro. Mas, atenção, o aparelho deve ser usado a uma distância de 30 cm e com a temperatura fria para que não agrida e resseque a pele do pet.

Escovar é preciso: Para finalizar, escove o pet suavemente com uma escova ou pente próprio. O procedimento deve ser realizado com bastante cuidado evitando puxar demasiadamente o pelo do cão, especialmente caso existam nós na pelagem.

Torne o banho especial: Associe o período antes e depois do banho com outras interações agradáveis como mimos, carinhos e petiscos. Isso fará com que se torne um momento prazeroso de brincadeira e carinhoso entre o tutor e o pet.

Ceva Saúde Animal - http://www.ceva.com.br




Fonte: Assis Comunicações



COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA







 
 
Guia Pet & Cia 2008-2020 ©, uma empresa do Grupo Guias Web - Todos os direitos reservados
Normas de uso - Política de privacidade

CSS vlido! Valid XHTML 1.0 Transitional