ban
Pesquisa no Guia Pet




guias_web
Guia da Embalagem
Guia Construir e ReformarGuia da CulinariaGuia do Turismo e Lazer





submarino


voltar
<<< Anterior Próxima >>>


ESCOLHA O TAMANHO DA FONTE - A - A

06/01/2020
A obesidade é a principal doença nutricional em pets brasileiros

Com objetivo de promover uma alimentação saudável e auxiliar na perda de peso em cães e gatos, Hill’s Pet Nutrition lança ração focada no mercado nacional

A obesidade é a principal doença nutricional em pets brasileiros



A obesidade já atinge entre 30% a 50% da população de cães e gatos no Brasil. Na cidade de São Paulo, especificamente, 41% dos cães são considerados com sobrepeso ou obesos, segundo estudo conduzido na Universidade de São Paulo - USP - em 2019(1). Apesar de ter causa multifatorial, ou seja, existem diferentes fatores de risco relacionados à hereditariedade , doenças endócrinas e o uso de algumas medicações que podem induzir a polifagia (aumento da ingestão do alimento), o manejo alimentar e regularidade de exercícios são pontos importantes que atuam no desenvolvimento da doença.

Sabe-se que a rotina dos tutores é muito importante no que diz respeito ao controle do peso, já que o manejo nutricional a qual o animal é submetido depende do tutor. A humanização dos pets vem crescendo e muitos hábitos e desejos inerentes ao ser humano hoje são atribuídos aos animais e isso inclui os hábitos alimentares, além do sedentarismo do tutor que acaba reverberando no animal. “A quantidade de alimento que esse animal consome, a quantidade de petiscos, a frequência e intensidade de exercícios são fatores de devem ser controlados para que o animal não tenha obesidade”, ressalta Brana Bonder, supervisora de Assuntos Veterinários Hill’s Pet Nutrition. “Controlar o que o cão ou o gato comem e estimular atividade física são fundamentais para prevenir a doença”, diz a especialista.

Levando em consideração a rotina pesada de muitas horas fora de casa e correria do dia a dia, a Hill’s desenvolveu um alimento para ajudar a promover a perda de peso saudável em cães e gatos, com baixa caloria, quantidade adequada de fibras, o que auxilia na sensação de saciedade do animal, além de conter L-carnitina, que ajuda na queima de gordura e manutenção da massa muscular.

Desenvolvidas especialmente para o mercado brasileiro, suas formulações foram criadas por veterinários, PhDs, nutricionistas e cientistas de alimentos em nossa matriz em Topeka- USA. As novidades, Hill´s r/d Obesidade Canino e Hill´s r/d Obesidade Felino chegam no Brasil no primeiro trimestre de 2020 apenas na versão seca e respeitam as diferenças de necessidade nutricional entre cães e gatos. Ambos, entretanto tem o objetivo de promover uma perda de peso saudável.

Brana ressalta que a obesidade deve ser sempre diagnosticada pelo veterinário. “Apenas o profissional será capaz de fazer uma avaliação e descobrir o grau de obesidade que o animal apresenta e recomendar o alimento Hill´s r/d Obesidade na quantidade específica para o paciente”, conta. Em casa, porém, existem alguns pontos que o tutor pode observar para saber se o pet está com a condição corporal adequada. Cães e gatos que apresentam sinais de sobrepeso/obesidade perdem a definição da cintura, ao palpar o animal e os ossos da costela já ficam difíceis de sentir e uma camada de gordura maior na base da cauda fica visível.

(1) OBESIDADE CANINA: UM ESTUDO DE PREVALÊNCIA NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO - SP (MARIANA YUKARI HAYASAKI PORSANI)

Site: http://www.hillspet.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/HillsPetBrasil
Instagram: @hillspetbr



Fonte: Pólvora Comunicação



COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA







 
 
Guia Pet & Cia 2008-2020 ©, uma empresa do Grupo Guias Web - Todos os direitos reservados
Normas de uso - Política de privacidade

CSS vlido! Valid XHTML 1.0 Transitional