ban
Pesquisa no Guia Pet




guias_web
Guia da Embalagem
Guia Construir e ReformarGuia da CulinariaGuia do Turismo e Lazer





submarino


voltar
<<< Anterior Próxima >>>


ESCOLHA O TAMANHO DA FONTE - A - A

28/03/2018
E o coelhinho de Páscoa que trazes pra mim?

Opção comum como presente de Páscoa, coelhos precisam de cuidados especiais e uma avaliação rigorosa antes da compra

E o coelhinho de Páscoa que trazes pra mim?



Não são apenas os chocolates que fazem sucesso na Páscoa. Os coelhos também são presentes solicitados pelas crianças, mas sua aquisição nem sempre tem um final feliz. Comprar um coelho é levar para casa uma nova vida, um amigo que conviverá durante anos com a família e, por isso, é uma decisão que deve ser muito bem pensada. “A expectativa de vida de um coelho varia entre 6 e 10 anos. Durante esse período o animal precisará de companhia e cuidados especiais, assim como fazemos com outros pets”, comenta a mestranda em animais silvestres e consultora técnica do HiperZoo, Maria Angélica Vieira.

Cuidados diários são essenciais, principalmente na higiene do ambiente onde o animal vive. “É preciso limpar comedouros, bebedouros e gaiolas dos coelhos, pois são animais extremamente sensíveis, inclusive aos gases provenientes da sua própria urina”, explica o veterinário responsável pelo atendimento de animais selvagens e pets não-convencionais nos consultórios do HiperZoo, Dr. Marcelo Rocha Carneiro. Também é necessário cortar as unhas e escovar a pelagem frequentemente, sobretudo nas raças de pelos mais longos.

Outra dica importante é sobre atenção, atividades e descanso. Os coelhos precisam de pelo menos 30 minutos diários de exercícios e espaço confortável para descansar. Eles também gostam muito de colo e carinho - nas pontas das orelhas, principalmente. Vacinas e antipulgas não são necessários para essa espécie, mas vermífugos devem ser dados a cada 6 meses ou conforme indicação de médico veterinário especializado. Já a castração deve ser realizada na puberdade, pois anticoncepcionais não são indicados devido aos efeitos colaterais.

Um dos principais cuidados com um pet é fornecer uma alimentação balanceada e fresca. Os coelhos devem comer ração extrusada (própria para coelhos), feno e alfafa em pequenas quantidades. “Petiscos próprios e folhas verdes escuras como espinafre, brócolis, couve, escarola, agrião, almeirão, acelga, folha de cenoura e de beterraba são permitidas”, comenta a bióloga. “Mas nada de oferecer sementes de frutas, biscoitos, pães, bolachas, doces, alface, repolho e couve-flor”, alerta.

E a famosa cenoura? Esse é um mito sobre os coelhos. Eles só podem consumir pequenas quantidades do legume, pois são animais herbívoros, ou seja, alimentam-se de folhas e caules em seu habitat natural.

Muitas pessoas acabam desistindo de ter um coelho ou os doam quando descobrem que essa espécie costuma ingerir as próprias fezes. “É verdade que os coelhos comem as próprias fezes, mas fazem isso para reabsorver os nutrientes e proteger a flora intestinal”, explica o veterinário.

Para quem se encaixa no perfil de tutor, vale escolher entre as diversas raças do pequeno mamífero. O Fuzzi Lop tem pelagem longa e orelhas caídas, que lhe conferem um aspecto manhoso. Também com orelhas caídas, mas pelagem mais curta, o Mini Lop chega a pesar 3kg. Já o Mini Lion, como o próprio nome revela, parece um "leãozinho", devido a sua pequena juba e imponência. O Teddy é a raça de coelho anão mais recente e possui pelagem longa e macia. E o coelho Anão, também conhecido como Netherland, é considerado o menor do mundo e pode pesar no máximo 1,2 kg quando adulto.

“No HiperZoo são comercializados animais exóticos, silvestres e domésticos provenientes de criadores que cumprem todas as normas dos órgãos reguladores. Essas exigências são verificadas por uma triagem e um dos requisitos são os exames periódicos. Além disso, todo o cuidado e manejo no HiperZoo visa promover a saúde e bem-estar dos bichinhos”, revela Patricia Maeoka, sócia-proprietária do pet center. Os criadores devem ter autorização de manejo e certificado de origem de animais silvestres e exóticos e os animais, identificação como microchip, anilha ou tatuagem. Para os bichinhos considerados domésticos, como os coelhos, é emitida uma carteira de identificação do HiperZoo. Quem procura por um animal no estabelecimento é orientado sobre os cuidados e a primeira avaliação veterinária é gratuita.

Para quem tem interesse em adquirir um coelho ou gostaria de saber mais sobre os cuidados com essa espécie, o pet center promove um bate-papo, na sexta-feira (30), com a bióloga e consultora técnica Maria Angélica Vieira e a zootecnista Tatiane Moreno e, no sábado (31), com a bióloga e o médico veterinário Dr. Marcelo Rocha Carneiro. Também serão apresentadas cinco espécies diferentes de coelhos durante o evento.

Serviço

Bate-papo sobre cuidados e manejo dos coelhos e apresentação de raças
Quando: sexta-feira, 30 de março, e sábado, 31 de março, às 15h
Entrada: gratuita

Consultas veterinárias para animais exóticos e silvestres
Quando: mediante agendamento prévio pelo telefone (41) 3015-8586

HiperZoo – atendimento durante o feriado, 30 de março a 1º de abril, das 9h às 18h
Local: Rua Desembargador Westphalen, 3.448 – Curitiba/PR
Telefone: (41) 3051-7777
http://www.hiperzoo.com.br



Fonte: Central Press



COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA







 
 
Guia Pet & Cia 2008-2018 ©, uma empresa do Grupo Guias Web - Todos os direitos reservados
Normas de uso - Política de privacidade

CSS vlido! Valid XHTML 1.0 Transitional