ban
Pesquisa no Guia Pet




guias_web
Guia da Embalagem
Guia Construir e ReformarGuia da CulinariaGuia do Turismo e Lazer





submarino


voltar
<<< Anterior Próxima >>>


ESCOLHA O TAMANHO DA FONTE - A - A

26/09/2017
Bolas de pelos: entenda como resolver esse problema comum nos gatinhos

Os tutores de gatos, geralmente, são apaixonados por seus animaizinhos e todos dizem que cada um possui um comportamento diferente. E realmente é verdade

Bolas de pelos: entenda como resolver esse problema comum nos gatinhos



Os felinos são fascinantes, carinhosos, brincalhões, apegados ao dono e, ao mesmo tempo, independentes, possuindo natureza e comportamento diferentes dos cães.

Outra característica típica desses animais é que são extremamente limpos, passando a maior parte do seu tempo se auto higienizando. Ao fazer isso, cerca de 2/3 dos pelos que caem de seu corpo acabam sendo ingeridos. Isso acontece porque os felinos possuem uma língua áspera, diferente da língua dos cães, colaborando com a ingestão desses pelos.

“Em condições normais, os gatos conseguem expelir os pelos por meio das fezes ou em episódios esporádicos de vômitos. No período de troca de pelagem que ocorre nos meses mais quentes do ano, o animal poderá ingerir uma quantidade maior de pelo, e nesse momento, há um risco maior de que se formem bolas de pelos. Gatos com problemas dermatológicos também podem apresentar esse tipo de problema, nesses casos o animal deverá ter um acompanhamento veterinário”, explica a médica veterinária da Hill’s Pet Nutrition, Sandra Nogueira.

Ela acrescenta dizendo que animais muito estressados podem desenvolver problemas comportamentais como as lambeduras compulsivas, podendo predispor ao aparecimento das bolas de pelo. “Engana-se quem acredita que somente animais de pelagem longa podem ter o problema de formação de bolas de pelos. Lógico que por apresentarem pelos de maior comprimento é mais comum, mas gatos com uma pelagem curta também podem apresentar”, diz.

Como resolver o problema

Uma ingestão excessiva de pelos, seja qual for a causa, pode levar a um problema mais sério como, por exemplo, a obstrução intestinal. Portanto, alternativas de como prevenir a bola de pelos são necessárias e todos os tutores devem se atentar.

“Para diminuir a ocorrência da formação de bolas de pelos deve-se fazer uma escovação diária com uma escova específica. Todos os pelos que estão na escova não chegarão ao estômago do felino. Esta, também, é uma ótima oportunidade para melhorar os laços entre o proprietário e o animal, pois é um momento exclusivo dos dois”, afirma Sandra.

Outra opção é a utilização de um alimento com um teor de fibra adequado. As fibras promovem a saúde gastrointestinal, podendo modificar trânsito e o tempo de permanência do alimento no trato gastrointestinal, além de reter água e normalizar a motilidade intestinal. Nutrientes como proteína de alta digestibilidade, vitaminas, minerais e ácidos graxos são importantes na manutenção do pelo e pelagem.

A Hill’s Pet Nutrition possui um produto destinado ao controle de bolas de pelo em gatos, fornecendo uma nutrição precisamente equilibrada para ajudar na eliminação natural dos pelos ingeridos. Saiba mais: http://www.hillspet.com.br/pt-br/products/sd-feline-adult-hairball-control-dry.html



Fonte: Pólvora Comunicação



COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA







 
 
Guia Pet & Cia 2008-2017 ©, uma empresa do Grupo Guias Web - Todos os direitos reservados
Normas de uso - Política de privacidade

CSS vlido! Valid XHTML 1.0 Transitional