ban
Pesquisa no Guia Pet




guias_web
Guia da Embalagem
Guia Construir e ReformarGuia da CulinariaGuia do Turismo e Lazer





submarino


voltar
<<< Anterior Próxima >>>


ESCOLHA O TAMANHO DA FONTE - A - A

10/04/2017
Presidente-mirim do Instituto IRIS ministra palestra sobre cães-guia

A dupla ministrará uma palestra alusiva ao Dia Internacional do Cão-Guia. A iniciativa tem o objetivo de mobilizar os alunos da escola bilíngue para mudar uma triste estatística brasileira: há uma estimativa de 100 cães-guia; em contrapartida, o país possui 6,5 milhões de pessoas com deficiência visual

Presidente-mirim do Instituto IRIS ministra palestra sobre cães-guia



São Paulo, abril de 2017 – Aos 12 anos, João Nicastro Silveira está empenhado em levantar fundos para o Instituto IRIS. O garoto é um dos voluntários mais ativos da organização, cuja prioridade institucional é mobilizar a sociedade para que transforme uma triste estatística nacional. No Brasil há uma estimativa de 100 cães-guia que ajudam pessoas com deficiência visual – ou com baixa visão – a se locomoverem e a se sentirem incluídas socialmente. Em contrapartida, o país possui 6,5 milhões de pessoas com deficiência visual (IBGE). Hoje, o IRIS conta com uma lista de quase 3 mil pessoas, aguardando um cão-guia. Além do objetivo de diminuir essa fila de espera, o empenho de João está voltado para aposentar os cães-guia que já atuam há oito anos ou mais.

Como parte dessa meta de engajar jovens voluntários na causa, o presidente-mirim e o cão-guia Diesel estarão na próxima terça-feira, 11 de abril, na Beacon School. A dupla ministrará uma palestra, a partir das 8h30. A escola bilíngue fica no Alto de Pinheiros, na Avenida Padre Pereira de Andrade, 645.

Na ocasião, João falará sobre o trabalho que o Instituto IRIS – entidade sem fins lucrativos fundada por Thays Martinez para promover a inclusão social prioritariamente das pessoas com deficiência visual, por meio do cão-guia – está desenvolvendo. Na pauta da conversa com os alunos, as conquistas recentes e os novos desafios da organização.

Aposentadoria de cães-guia

Segundo Thays Martinez, presidente e fundadora do Instituto IRIS, há mais de 10 pessoas com deficiência visual que têm cães-guia que precisam se aposentar após anos de trabalho. “O cão-guia apresenta uma alternativa à tradicional bengala, proporcionando ao cego maior confiança, mobilidade e independência – em relação a terceiros –, permitindo ampliar o contato com a comunidade. Um outro fator relevante é que a presença do cão-guia ajuda a melhorar a autoestima, a combater a solidão e a fazer amigos. Essa ação tem o objetivo de convidar a população a enxergar e apoiar a nossa causa”, afirma Thays, a tutora do cão-guia Diesel.

A campanha realizada em 2016 pelo IRIS foi um sucesso e garantiu a aposentadoria dos cães-guia Leila, Sam, Harley e Sirius. A nova turma – Wayne, Valen, Indy e Rudy – já está na ativa e ganhou as ruas de São Paulo. Desde a sua criação, em 2002, o Instituto IRIS já doou 40 cães-guia.

IRIS

O Instituto IRIS, organização sem fins lucrativos, é um dos pioneiros no Brasil na difusão do cão-guia como facilitador do processo de inclusão da pessoa com deficiência visual. Fundado em 2002 pela advogada Thays Martinez, o IRIS tem a missão de desenvolver atividades e projetos que acelerem o processo de inclusão social das pessoas com deficiência. No cerne da atuação, a inclusão, responsabilidade social, a elevação da qualidade de vida e o desenvolvimento humano das pessoas com deficiência por intermédio do desenvolvimento, apoio e execução de projetos de caráter cultural, social, jurídico, científico, tecnológico e educacional que viabilizem a realização dos objetivos

O desafio da organização é aumentar o acesso das pessoas que querem um cão-guia a esse benefício. Atualmente, o IRIS conta com uma lista composta por mais de 3 mil pessoas. Além do objetivo de doar cães-guia a quem aguarda o benefício, temos um sonho a ser realizado: criar uma estrutura para treinar cães-guia no Brasil, oferecer classes a instrutores e disseminar informações precisas sobre a enorme contribuição dos cães-guia na vida das pessoas com deficiência visual ou baixa visão. O nosso foco é tornar público os benefícios proporcionados por esses cães que são responsáveis por realizar imensa transformação na vida daqueles que os recebem.

A organização é uma das poucas no Brasil a contar com um instrutor reconhecido pela Federação Internacional de Escolas de Cães-Guia (International Guide Dog Federation, Inglaterra) e qualificado pela Royal New Zealand Foundation for the Blind – Guide Dog Services (Nova Zelândia).



Fonte: Printec Comunicação



COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA







 
 
Guia Pet & Cia 2008-2017 ©, uma empresa do Grupo Guias Web - Todos os direitos reservados
Normas de uso - Política de privacidade

CSS vlido! Valid XHTML 1.0 Transitional